Pular para o conteúdo
Voltar

Jovem realiza sonho de ser doadora de sangue durante a Caravana de Cuiabá

Ela foi a primeira doadora recebida pelo Hemobus. O ônibus de coleta do MT Hemocentro atende na Arena Pantanal até o próximo dia 28.
Mel Mendes | GCom-MT

Christiano Antonucci/GCom-MT
A | A

A estudante Mariana Queiroz, de 18 anos, veio acompanhar o avô para a cirurgia de catarata na 13ª Caravana da Transformação e realizou um sonho de infância: ser doadora de sangue. A jovem cuiabana foi a primeira pessoa atendida pelo Hemobus, unidade móvel de coleta de sangue do MT Hemocentro que está na Arena Pantanal na manhã desta terça-feira (24).

“Desde criança eu pensava em doar sangue, sempre foi meu sonho. Aí eu ouvi falar que com 16 anos já podia, mas com autorização, e minha mãe nunca permitiu. Agora eu completei 18 anos e resolvi vir doar. Me disseram que aqui tinha doação, e eu vim tentar”, contou Mariana. Para poder doar sangue a jovem passou pelo processo de triagem, que inclui alguns exames e uma entrevista.

Mariana avaliou o atendimento como rápido e eficaz, mas ficou surpresa ao saber que era a primeira doadora da caravana. “Eu achei que ia chegar aqui e teria muita gente doando. É até meio triste ver tão pouca gente participando. Acho que tem que ter muita conscientização ainda sobre a importância disso”, afirmou a moça.

A sensibilização de possíveis doadores está sendo garantida pela equipe do MT Hemocentro, que promove uma intensa campanha de mobilização e panfletagem durante todo o dia e que também conta com o reforço da Rádio Caravana.  Segundo a enfermeira responsável pelo ônibus, Juliana Silva, a expectativa é receber cerca de 50 visitantes, tanto para orientações quanto para doação.

“Estamos convidando as pessoas que estão na Caravana da Transformação e toda a população da Baixada Cuiabana a virem aqui fazer esse gesto nobre, um gesto de amor e caridade, que é doar sangue. Com apenas uma doação se pode salvar até quatro vidas”, reforçou a enfermeira.

A Caravana da Transformação é a primeira parada do ônibus coleta externa do MT Hemocentro. O Hemobus estava parado desde 2014 e foi revitalizado com recursos provenientes de ações de combate à corrupção e entregue pelo Governo do Estado no dia 17 de abril. “Para nos é uma emoção muito grande participar deste evento. Nós não poderíamos deixar de participar e dar a oportunidade para a população conhecer o nosso serviço e ajudar pessoas que estão internadas em unidades publicas de saúde em todo o estado”, frisou Juliana Silva.

A diretora-geral do MT Hemocentro, Silvana Galvão, explica que a unidade móvel de coleta é equipada com quatro cadeiras de coleta de sague e uma equipe composta por um profissional médico, um enfermeiro, três auxiliares de enfermagem, uma copeira e um motorista.

Este ônibus tem um impacto social muito grande. Ele é um bem da população mato-grossense e é importantíssimo, pois ele vai onde o doador está. Isso ajuda muito nosso trabalho e a capacidade dele de coleta corresponde a praticamente 30% da reposição dos nossos estoques de sangue”, declarou a diretora.

O Hemobus iniciou seu atendimento hoje (24) e segue na Arena Pantanal até o dia 28 de abril. Até sexta-feira (27) ele funciona das 8h às 16h e no sábado, dia 28, das 8h às 12h.

13ª Caravana

A Caravana da Transformação vai até o dia 10 de maio, realizando cirurgias oftalmológicas de catarata, pterígio e yag laser e os atendimentos pós-operatórios aos pacientes. Além disso, diversos serviços de cidadania estão sendo ofertados até o dia 28 abril, como emissão do RG, emissão/atualização do Cartão SUS, Carteira de Pescador Amador, 1ª e 2ª via da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e Cadastro de Pessoa Física (CPF) e 2ª via de certidões de nascimento, casamento e óbito.

Nesta edição, serão atendidos moradores de Cuiabá, Várzea Grande, Acorizal, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Jangada, Nova Brasilândia, Nossa Senhora do Livramento, Planalto da Serra, Poconé, Santo Antônio do Leverger, Rosário Oeste e Nobres.





Editorias