Pular para o conteúdo
Voltar

Governador acompanha trabalhos da Caravana da Transformação

Em uma semana, foram realizadas 2.894 cirurgias, além de 7.738 consultas oftalmológicas. A expectativa do governo é fechar o evento com 35 mil atendimentos.
Caroline Rodrigues | GCom-MT

Mayke Toscano/GCom-MT
A | A

O governador Pedro Taques esteve na Arena Pantanal na manhã desta segunda-feira (23) para acompanhar os serviços médicos da Caravana da Transformação, que é realizada desde dia 16 de maio e vai até 10 de maio. Em uma semana, foram realizadas 2.894 cirurgias, além de 7.738 consultas oftalmológicas. A expectativa do governo é fechar o evento com 35 mil atendimentos.

A agente de saúde da área rural do Rio dos Peixes, Deoglece Xavier da Silva, conta que a equipe dela trouxe um grupo de 55 idosos e foi realizada uma verdadeira força-tarefa para organizar o transporte de todos.

Parte das pessoas veio de ônibus e as demais em carro de servidores do município e até mesmo de moradores que se disponibilizaram a atuar na ação. “Eles são de famílias que não têm como pagar e quando a oportunidade apareceu, resolvemos mobilizar toda a comunidade”.

Quando a cirurgia acabar, os agentes que atuam no Rio dos Peixes já estão preparados para fazer um trabalho específico para o pós-operatório, onde ônibus escolares serão disponibilizados para o transporte de médicos, enfermeiros e agentes  que visitarão todos os pacientes.

Interior

Além dos pacientes moradores do aglomerado urbano, a caravana recebe pessoas vindas do interior de Mato Grosso. O aposentado João Gualberto do Rosário, por exemplo, é de Nova Olímpia e está em Cuiabá para receber o atendimento.

A expectativa dele era fazer a cirurgia para enxergar melhor, mas durante a consulta, descobriu que tinha glaucoma nos dois olhos e foi encaminhado para o serviço municipal de atendimento. “Eu descobri a doença agora. Já sabia que tinha catarata porque passei por uma consulta há muito tempo e naquela ocasião, me diagnosticaram”.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, o glaucoma é a segunda causa de cegueira no mundo, perdendo apenas para a catarata.

Atendimentos

O público-alvo da Caravana da Transformação é de pessoas a partir de 55 anos. Os interessados devem procurar a Arena Pantanal e fazer regulação para cadastro e agendamento da consulta e exames. É necessário trazer documento de identificação com foto, comprovante de endereço e cartão SUS.

Nesta edição serão atendidos os moradores Cuiabá, Várzea Grande,  Acorizal, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Jangada, Nova Brasilândia, Nossa Senhora do Livramento, Planalto da Serra, Poconé, Santo Antônio do Leverger, Rosário Oeste, Nobres.

Cidadania

A 13ª edição da Caravana da Transformação também oferecerá serviços de cidadania entre os dias 23 e 28 de abril, das 8h às 16h. Serão ofertados serviços como emissão do RG (com foto feita na hora), emissão/atualização do Cartão SUS, atualização do CadÚnico e cadastro em programas sociais, emissão do Cartão do Idoso, Carteira de Reservista, Carteira de Pescador Amador, 1ª e 2ª via da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e Cadastro de Pessoa Física (CPF) e 2ª via de certidões de nascimento, casamento e óbito.

Além disso, a Caravana passa a contar com a parceria da Defensoria Pública da União e do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que terão estandes de atendimento durante o evento.





Editorias